Tax and Wealth Management - IFB

T. +351. 217916200Bolsa FormadoresSite APB

Localização

IFB Porto

Informação importante

Folheto Informativo

Contactos

Teresa Corales (Presencial)
Telefone
217916278
E-mail
t.corales@ifb.pt
QR Code

Data

02 Jul 2019 - 03 Jul 2019

Horário

9:00 - 17:00

Metodologias

Presencial

Tax and Wealth Management

Enquadramento

No processo de gestão de carteiras e de aconselhamento financeiro, a decisão de investimento é um processo complexo e exigente, que não se deverá limitar a uma simples análise de produtos financeiros na sua vertente risco/retorno, requerendo uma análise intensiva da relação entre o investidor e produto a investir. Nesta relação entre “investidor e investimento”, o fator fiscal não pode ser relegado para segundo plano, pois o seu impacto é real, devendo este ser tido em conta na tomada de decisão, porque o que realmente importa é o retorno real do investimento, ou seja, após impostos – “It’s not what you make, it’s what you keep”.

Se é verdade que a tributação sobre ativos financeiros é dos aspetos mais relevantes de qualquer mercado, sendo capaz de provocara captação ou retirada de investimento de qualquer mercado, também é verdade que cabe à Gestão/Aconselhamento a seleção de um portfólio de investimento capaz de cumprir com os objetivos definidos pelo cliente/investidor, otimizando a relação rendibilidade vs. risco, oferecendo soluções com maior eficiência fiscal. Por mais boa vontade que exista, nenhum investidor está disposto a conceder ao Estado parte dos ganhos obtidos.

Partindo desta premissa, nesta ação de formação irá ser abordado o tema da fiscalidade no processo de gestão/aconselhamento de carteiras de investimentos, numa perspetiva prática passando por questões como otimização fiscal da carteira de investimento, veículos de investimento, planeamento sucessório, Residentes NãoHabituais, etc.

 

DESTINATÁRIOS:

Profissionais das áreas de gestão de ativos e de research, RelationshipManagers, PrivateBankers, Gestores de Clientes e profissionais de outras áreas que pretendam ter mais conhecimentos sobre esta matéria. Investidores (não profissionais da área) que pretendam maximizar fiscalmente o seu património.

 

OBJETIVOS

  • Evidenciar a importância da fiscalidade na relação Produto Financeiro vs. Investidor (Singular/Coletivo e Residente/NãoResidente);
  • Relacionar a performance da carteira com eficiência fiscal;
  • Abordar a carteira de investimentos numa ótica mundial (atenuação de eventual dupla tributação);
  • Aplicar eventuais benefícios fiscais no processo de gestão/aconselhamento de carteiras.

FORMAÇÃO VÁLIDA PARA A ATUALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA DMIF II (PERFIL CONSULTORIA PARA INVESTIMENTO).

 

PROGRAMA

  1. Conceitos genéricos de fiscalidade dos produtos financeiros;
  2. Planeamento fiscal no processo de gestão/aconselhamento de carteiras;
  3. Tributação investidor singular vs. investidor coletivo;
  4. Tributação do investimento direto vs. investimento indireto (SPV e OIC);
  5. Eficiência fiscal internacional – acordos de dupla tributação;
  6. Tributação do rendimento de diversas classes de ativos (ações, obrigações, derivados, OIC’s, entre outros);
  7. Planeamento sucessório e gestão de carteira;
  8. Resolução de real case scenarios.

 

FORMADOR:
Sandro  Santos – Mestre em Contabilidade, pelo ISCTE-IUL, ExecutiveMaster em Gestão Fiscal, pelo INDEG-ISCTE e Licenciado pelo ISCAL-IPL. Com mais de 10 anos de experiência na área da Banca de Investimento e da Gestão de Ativos, é especialista em Instrumentos Financeiros e Derivados, Hedge Accounting, Corporate Reporting, Organismos de Investimento Coletivo, Fiscalidade do Mercado de Capitais e Gestão de Ativos.

Exerce funções de controlo financeiro e tax/legal compliance  em instituição financeira especializada na gestão de ativos. É também Consultor Independente, docente do INDEG-ISCTE Executive Education, formador no sector bancário e autor de diversos artigos de âmbito financeiro e fiscal em revistas de referência na área da gestão de ativos.

Tags: