IFB - Software na Banca
IFB-banner

Data

A agendar

Horário

Software na Banca

ENQUADRAMENTO

A gestão das relações entre recursos internos e externos no âmbito do desenvolvimento de projectos software de constitui para a Banca um desafio da maior importância.

Com efeito, sendo o papel dos sistemas de informação cada vez mais relevante para todas as áreas de negócio, é imprescindível que as aplicações informáticas que o suportam sejam desenvolvidas da forma mais eficiente e segura dentro dos apertados timings impostos pelo ambiente de forte concorrência que caracteriza o sector.

A resposta a estas questões passa pelo aumento das capacidades internas necessárias à definição das estratégias que melhor se adequam a cada situação concreta, identificando quais as metas a atingir e os meios necessários para lá chegar, seja através de recursos internos, seja recorrendo à colaboração de entidades externas que tragam ao processo efectivas mais valias.

É pois necessário estruturar o conhecimento definindo processos, actividades e métricas de controlo, associando-os depois à clara atribuição de responsabilidades individuais.

 

OBJECTIVOS:

O seminário visa dotar os participantes com as bases teóricas que possibilitem uma tomada de decisão objectiva no âmbito do desenvolvimento de sistemas de informação com recurso, nomeadamente, à construção de parcerias.

Serão analisados os aspectos mais importantes no outsourcing de desenvolvimento de aplicações informáticas e propostas metodologias adequadas a tais objectivos, que incluem:
• Avaliar as capacidades endógenas da organização e eventuais necessidades de alteração;
• Determinar as situaçõesemque o recurso à contratação externa é a melhor opção;
• Seleccionar parceiros com baseemcritérios objectivos e de complementaridade;
• Apoiar a criação do caderno de encargos e de modelos de governo mais efectivos.

Assim, no final do seminário, os participantes deverão estar aptos para, nas suas organizações, implementarem e gerirem um portfolio equilibrado de projectos de desenvolvimento de aplicações mais eficiente e efectivo, recorrendo, com maior segurança, à contratação de serviços de terceiros numa óptica de complementaridade de capacidades.

 

DESTINATÁRIOS:

O seminário interessa particularmente a:

  • Titulares de cargos de direcção com responsabilidade na gestão de sistemas de informação;
  • Responsáveis por portfolio management organizacional ou por departamentos de desenvolvimento de aplicações informáticas;
  • Gestores de projectos na área do desenvolvimento de aplicações.

 

PROGRAMA:

1. Enquadramento e Conceitos Básicos

  • Os sistemas de informação nas organizações modernas
  • O conceito de processo: ideias básicas
  • Metodologias orientadas à melhoria do processo
  • Definição de boas-práticas
  • Normas e metodologias: distinção
  • O conceito de maturidade
  • Os modelos de processos PMBOK/OPM3 e CMMI

Da estratégia à prática. Metodologias de gestão de projectos. Um modelo para gerir outsourcing de desenvolvimento

2. Desenvolvimento ou Aquisição de Aplicações Informáticas?
Um Novo Paradigma

  • As especificidades do processo de desenvolvimento de software. Os modelos de Barry Boehm e de Hofstede
  • O papel dos sistemas de informação nas organizações. Breve crítica em relação ao entendimento corrente de alinhamento das TI ao negócio

Comprar feito ou desenvolver à medida?

3. A Aquisição de Serviços de Desenvolvimento de Aplicações Informáticas

  • Planear e implementar a estratégia de aquisição
  • A escolha do fornecedor
  • Características de uma boa solução
  • Competências core e o novo perfil do colaborador interno de sistemas de informação

Pedidos de propostas e contratos

4. Um Mix das Metodologias para a Gestão Organizacional de Projectos

  • Eficiência, efectividade e percepção de valor
  • Projectos, programas e portfolios

Portfolio Management Office

ESTUDOS DE CASO
O seminário terá características predominantemente práticas, com recurso a dois estudos de caso que suportarão a necessária abordagem teórica dos temas:

  • Caso 1: Aplicação do modelo de Barry Boehm no contexto do sistema financeiro português, na escolha da metodologia de ciclo de vida adequado a cada caso concreto;
  • Caso 2: Os riscos no outsourcing. Resultados de um estudo baseado num inquérito às instituições financeiras portuguesas.

 

LOCAL:
Instituto de Formação Bancária Av. 5 de Outubro, 164 Lisboa